Quem estava na Escola Santo Antônio das Malvinas na noite desta sexta (05/09) parou para fazer um minuto de silêncio pelos jovens vítimas de violência policial no bairro de Fazenda Coutos, Subúrbio Ferroviário de Salvador. A homenagem aconteceu durante a abertura da Feira Ser-Tão Brasil – Fazenda Coutos, palco da diversidade cultural baiana.

A abertura contou ainda com uma orquestra de berimbaus, conduzida pelo grupo Nativos da Bahia, organizador do evento, seguida de show de voz e violão que agitou o público. A noite foi encerrada com uma refeição tipicamente local: xinxim de galinha.

Na manhã seguinte, o palco estava de novo pronto às manifestações culturais da comunidade: as relações familiares foram discutidas através dos espetáculos dos grupos artísticos Pais e Filhos (CRIA) e Somos Nós (Paripe). As apresentações de música baiana e rap reforçaram o tempero da diversidade local.